Gasto com filhos até os 23 anos pode ultrapassar R$ 2 milhões

A classe D é a que tem menos gastos com a criação dos filhos, somando um total de R$ 54 mil em 23 anos

Por Juliana América Lourenço da Silva (do portal InfoMoney)

     SÃO PAULO – Apesar de a chegada de um filho ser um momento marcante na vida de muitas pessoas, criar uma criança não sai barato. Dependendo da classe social da família, os gastos até os 23 anos do filho podem passar de R$ 2 milhões, indica pesquisa realizada Invent (Instituto Nacional de Vendas e Trade Marketing).

     O levantamento foi dividido em classes sociais e tipos de gastos. O presidente do Instituto e responsável pela pesquisa, Adriano Maluf Amui, considerou a classe A com uma faixa salarial superior a R$ 25 mil por mês, a classe B com um salário entre R$ 6 mil e R$ 25 mil, a classe C com uma renda entre R$ 2 mil e R$ 5 mil e a classe D com menos de R$ 2 mil.

Categorias
     Os dados mostram que a categoria de educação é a que consome maior parte da renda das famílias de classe A, classe B e classe C, com 34%, 39% e 45% respectivamente. O total gasto pela primeira faixa de renda foi de R$ 703.644, enquanto da segunda foi de R$ 365.900 e a terceira de R$ 185.100. Já para a classe D, os principais gastos são domésticos, com 54% da renda e um total de R$ 28.800.

    No geral, os tipos de gastos abrangem os custos domésticos, com educação, lazer e entretenimento, reserva financeira, saúde, tendências e vestuário.

     Leia a matéria na íntegra no portal INFOMONEY

 

Faculdades brasileiras abrem curso a distância no exterior

FOLHA SP

JULIANA COISSI
DE RIBEIRÃO PRETO

Assim como muitas pessoas sem tempo para conciliar trabalho e aulas na faculdade, Quéli Lopes Ushiwata, 32, optou pelo ensino a distância e se matriculou numa universidade brasileira. A diferença é que, da sala de aula até sua casa, havia um oceano e milhares de quilômetros.

Entraves barram expansão do ensino a distância para o exterior

Quéli morava no Japão em 2009 quando iniciou o curso de pedagogia a distância da UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso) em uma turma que incluía 20 japoneses, argentinos e bolivianos residentes no Japão.

Moçambicanos, europeus e latinos também são alunos do Brasil sem sair de casa, tanto na graduação quanto na pós-graduação.
Segundo o Censo da Educação Superior de 2011, havia 1.266 estrangeiros em cursos de graduação a distância de universidades brasileiras.

A maioria assiste às aulas no exterior. Muitos deles são latinos, de acordo com Luiz Cláudio Costa, presidente do Inep –órgão responsável pelas estatísticas do Ministério da Educação.

Já para a pós, o governo não possui estimativa.

A graduação a distância para quem está no exterior ainda é novidade. Hoje, o governo têm duas experiências: no Japão e em Moçambique.

Leia mais na Folha SP

Fundação Hemocentro homenageia IEADERP

Trofeu do Hemocentro (2013)certificado 1

     A IEADERP desenvolve diversas atividades sociais, além daquelas religiosas já previstas em sua programação oficial. Nesta semana, nossa igreja recebeu um importante reconhecimento: a Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto concedeu à IEADERP o selo de Responsabilidade Social “Amigos da Doação de Sangue”, por incentivar a prática da doação entre seus membros.

     Em 2012, diversos jovens se empenharam nessa sublime tarefa, doando um pouco de si em favor de muitos. É uma atitude que, com certeza, continuará sendo incentivada pela Assembleia de Deus.

     Esse certificado reforça ainda o papel social da IEADERP perante seus membros e à sociedade.

     Agradecemos à Fundação Hemocentro pelo certificado de reconhecimento obtido.

Faça o download dos programas da Receita para o imposto de renda 2013

FOLHA GOSPEL

O prazo para entregar a declaração do Imposto de Renda 2013 (ano-base 2012) sem multa começa dia 1º de março e acaba em 30 de abril. Para não perder as datas, baixe os programas disponibilizados pelo governo federal.

Fique atento e escolha a versão correta, de acordo com seu sistema operacional (Windows, Mac ou Linux).

Para realizar a declaração, são necessários dois softwares. O primeiro, chamado IRPF 2013, serve para preencher a declaração com as informações do usuário. Em seguida, é preciso utilizar o Receitanet, que serve para enviar os dados para o governo. Veja abaixo os links para download.

Windows:
Declarar – IRPF 2013

Enviar – Receitanet

Fonte: UOL

Leia mais na Folha Gospel

Mercado de aulas de reforço pela internet está em crescimento

Há empresas que já têm um milhão de alunos.
Alunos recebem tratamento individual.

Sandra Passarinho – Rio de Janeiro, RJ

Pode parecer uma aula convencional, mas o professor só está presente na tela do computador. Estudar online é uma rotina para Murilo Augusto Baldasso e Souza desde o ano passado, que se prepara para fazer de novo o vestibular e comprou um pacote de aulas para o ano todo.

“Na internet, parece que é um jeito mais rápido, que as coisas estão lá e a matéria é dada de uma maneira mais dinâmica, mais interativa. Está sendo muito importante para mim porque serve como complemento das aulas que eu vejo na escola mesmo”, afirma Murilo, aluno do site Descomplica.

A educação é que sai ganhando quando o ensino em sala de aula e o ensino online se complementam. No momento, o mercado virtual de educação está em alta. Uma empresa criada há pouco tempo já conseguiu uma clientela com cerca de um milhão de alunos.

A página foi criada em 2011 e tem mais de 2 mil vídeo-aulas de temas diferentes disponíveis. Cinthia Gaban percebeu o potencial dessa área quando precisou tirar uma dúvida urgente. Ela e a amiga Érica criaram um site que localiza professores em poucos minutos. As aulas são em tempo real e funcionam em um sistema pré-pago.

“Se ele comprou, vamos supor, 60 minutos em pacotes de aulas, ele pode usar 15 minutos hoje para resolver uma dúvida que ele tem em matemática. Amanhã, ele tem uma dúvida em história, pode conversar com um professor de história. O nosso foco é ser personalizado. É uma aula particular da sua casa. A diferença é que você está na tela do seu computador e você está vendo o professor da tela do computador dele”, afirma Cinthia, criadora do site Professores de Plantão.

Personalizar o serviço também é a estratégia de outro site. O aluno responde a um questionário, baseado no Enem, e recebe um diagnóstico que mostra em quais matérias ele precisa de reforço e como deve estudar. Por enquanto, o sistema só está disponível para escolas públicas e particulares.

No ano passado, 180 mil alunos em todo o país passaram pela avaliação, mas a ideia é tornar o negócio acessível para todos. “É como se você tivesse um professor particular, que entende as suas dificuldades, que entende as suas limitações, que conhece a forma que você aprende melhor, só que em larga escala, podendo atingir um número muito grande de pessoas. É isso que a tecnologia permite”, diz o fundador do site Geekie, Claudio Sassak.

Leia mais no g1.globo

Samuel Câmara faz críticas ao pastor José Wellington como presidente da CGADB

FOLHA GOSPEL

O pastor Samuel Câmara, da Assembleia de Deus de Belém do Pará, publicou recentemente um pequeno livro no qual fala da história e suas visões de futuro para a CGADB (Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil).

Intitulado “Construindo o Futuro da CGADB”, o livreto “descreve perspectivas para o futuro e reflexões sobre a história e o presente da CGADB”, segundo informou Samuel Câmara em seu site. O pastor afirma ainda se tratar de um item de leitura obrigatória para todos os pastores da Igreja Assembleia de Deus.

O principal assunto tratado por Câmara no livreto foi a volta da rotatividade para o presidente da CGABD. Ele afirma que devem ser alteradas as regras referentes à permanência de membros da mesa diretora em seus cargos, de maneira a devolver “à CGADB a esperança, a vitalidade, a renovação e a integração nacional”.

– Vamos a Brasília votar num presidente para ficar 29 anos ou até se perpetuar na presidência, sem dar oportunidade a outros? Ou… Vamos a Brasília votar num presidente que abre mão de se perpetuar no cargo, devolvendo a oportunidade de renovação e esperança para futuros presidentes da CGADB? – questionou o pastor, criticando diretamente seu adversário político e atual presidente, José Wellington Bezerra da Costa.

As críticas ao pastor José Wellington são acentuadas na publicação, que ressalta, sobretudo, a renúncia do pastor ao cargo em 1989, o que, segundo Câmara, teria sido uma maneira de burlar o estatuto da Convenção e se manter no cargo.

– Pela primeira vez na história da CGADB, um presidente renunciou ao cargo numa manobra para burlar a proibição estatutária que vetava a reeleição. Três meses depois, ele mesmo estava concorrendo à reeleição em São Paulo. Daí, ficou fácil ferir a história, reformar várias vezes o Estatuto para ficar no poder até hoje e ainda estar buscando se reeleger pela 11ª vez – ressaltou Samuel Câmara.

Câmara é candidato à presidência da CGADB na próxima eleição da entidade, e usa o livreto também para criticar as políticas adotadas pela Convenção nos últimos 25 anos, período no qual esteve quase que inteiramente sob a liderança do pastor José Wellington.

– A História nos ensina que a permanência no poder de um único líder por muito tempo destrói a liderança das gerações seguintes. – afirmou Samuel Câmara.

A eleição acontece durante a Assembleia Geral Ordinária da Convenção, nos dias 8 a 12 de abril de 2013, na cidade de Brasília – DF.

Fonte: Gospel+

Leia mais na Folha Gospel

Cientistas revelam “código da vida” encontrado em Gênesis

FOLHA GOSPEL

Embora diferentes “códigos da Bíblia” tenham sido revelados no passado, o cientista britânico Gordon Rugg, da Universidade Keele e o americano David Musgrave, da Universidade Amridge, criou o programa Search Analyzer, que faz análise de textos.

Ao submeterem o livro de Gênesis, da Bíblia, disseram ser possível visualizar um “padrão escondido” no texto milenar. O software coloca o texto completo como uma grade. Cada quadrado representa uma palavra e as palavras procuradas aparecerão em quadrados coloridos.

Eles apresentaram sua pesquisa durante a reunião da Associação de Escolas de Pesquisa Oriental, em Chicago. Rugg explicou: “Nosso novo método para visualizar textos permite que um livro inteiro seja comtemplado em apenas uma página A4, permitindo que os padrões sejam vistos facilmente. Trata-se de uma forma simples e rápida para que pesquisadores identifiquem padrões, ou vejam quando são pistas falsas, uma informação importante para quem lida com textos grandes”.

Como exemplo, os pesquisadores resolveram mostrar o que ocorrer quando se busca pelas palavras “vida” e “morte” no Livro do Gênesis. Ficou evidente o chamado escalonamento de termos, que faz uma espécie de “sanduíche”, colocando um tema entre duas menções de outro tema.

Trata-se de uma estrutura conhecida de retórica, a mesma técnica é muito usada pela imprensa, quando más notícias são intercaladas entre duas notícias boas, criando uma sensação de otimismo em meio às crises.

Essa nova análise do Gênesis mostrou que há o escalonamento das palavras-chaves “vida” e “morte”. Os versos que iniciam e fecham as divisões principais de Gênesis possuem menções frequentes à vida, enquanto a morte somente pode ser encontrada nos versículos centrais.

“A estruturação dos termos vida e a morte em Gênesis é que não nunca foi estudado antes”, enfatiza o professor Rugg, que leciona Computação e Matemática. “Achamos um padrão literário sendo usado de uma maneira que nunca foi comprovado antes. Não estamos falando de códigos secretos ou conspirações, mas são algumas imagens marcantes… Por que isso foi feito milhares de anos atrás permanece um mistério, embora possivelmente o padrão seja para ‘suavizar’ as mensagens de morte, dando à ‘vida’ um impacto maior,” acredita Rugg.

Para comprovar que não é uma fórmula aleatória, ao serem usados outros termos, o software não encontrou nada parecido. Mas há várias implicações. Eles pesquisaram as palavras “homem” e “mulher”, e concluíram que o feminino aparece predominantemente na primeira parte do Gênesis e raramente na segunda metade.

Outro termo, “gerou”, comprova algo que os teólogos afirmam há muito tempo: os evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João espelham os temas e as estruturas do Antigo Testamento. Quando aplicada, a busca por “gerou” mostra um padrão impressionante na primeira parte de Gênesis, espelhando o que foi encontrado na primeira parte do evangelho de Mateus.

Os interessados podem visualizar essa ferramenta de buscas de textos no endereçowww.searchvisualizer.com. Com informações Live Science.

Fonte: Gospel Prime

Leia mais na Folha Gospel

Jovens empreendedores recebem apoio de igreja evangélica

FOLHA GOSPEL

Foi lançado recentemente um projeto de incubadoras de empresas para novos empreendedores em Londres.

O objetivo é equipar jovens para iniciar seus próprios negócios na comunidade. O projeto está sendo desenvolvido pela Igreja Jesus House, considerada uma das maiores igrejas pentecostais da Inglaterra.

Idealizadores do projeto pretendem alcançar jovens com a faixa etária entre 16 e 24 anos, que possuam interesse em administrar seu próprio negócio. O projeto recebeu o nome de “Barnet Youth Business Incubator” (BaYBI). É uma parceria com a rede de jovens do Conselho Barnet, órgão do governo local.

Segundo dados divulgados, o intuito é atrair jovens desempregados ou que estejam excluídos da sociedade, sem educação ou treinamento. O BayBI deve ensinar princípios básicos para gestores, sobre como registrar uma empresa, abrir uma conta bancária de negócios, como gerir sua empresa, técnicas de marketing e como encontrar fornecedores.

O líder da Jesus House, Ayo Adedoyin, espera que os jovens empreendedores do projeto possam criar novas vagas de emprego para outros jovens. “Estamos realmente animados com o BaYBI. A Jesus House existe para fazer uma diferença positiva na vida das pessoas, e o projeto BaYBI é uma maneira em que podemos fazer isso”, afirmou o pastor.

A Jesus House ficou conhecida pelas mensagens de um dos seus pastores, Agu Irukwu, que afirma que as igrejas devem ter Jesus como tema central de sua pregação. A igreja também realiza trabalhos para a integração entre brancos e negros. “É nossa esperança que a BaYBI permita a uma geração de jovens desenvolver plenamente seus talentos dados por Deus, realizar o seu potencial e fazer uma contribuição valiosa para a sociedade”, diz ainda o pastor Adedoyin.

No Brasil, segundo dados de pesquisa do Instituto Data Popular, cerca de 1,5 milhão de jovens brasileiros estão envolvidos com seu próprio negócio. Com a faixa etária entre 16 e 24 anos, 29% deles estão concentrados na região sudeste. Há ainda, 22 milhões de jovens com essa idade que desejam ter sua própria empresa, sendo 58,7% deles do sexo feminino e 41,5% do masculino. No portal do governo federal é possível encontrar dicas e cursos para jovens empreendedores no site Brasil.gov.br

Fonte: The Christian Post

Leia mais na Folha Gospel

Epidemia de dengue atinge sete cidades na região de Ribeirão Preto

FOLHA DE SP

A epidemia de dengue já atinge ao menos sete cidades da região de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) neste ano. Pitangueiras, Morro Agudo, Colômbia e Guaíra se unem a Barretos, Miguelópolis e Ituverava, onde já havia quadro epidêmico.

A situação é considerada epidemia quando o número de casos supera a média de 300 para cem mil habitantes.

O caso mais crítico é o de Barretos, com 1.183 doentes confirmados. É a maior epidemia em pelo menos cinco anos na cidade.

A predominância do vírus tipo 4 da dengue neste ano contribui para essa disseminação, segundo o consultor da OMS (Organização Mundial da Saúde) em dengue, Ivo Castelo Branco Coelho.Em comum, os sete municípios estão geograficamente próximos, formando um “corredor” da doença na região.

“O vírus tipo 4 é o que circula no Brasil atualmente e as pessoas estão mais suscetíveis a esse sorotipo. A chance de disseminação da doença entre cidades próximas é muito grande”, afirma.

O novo sorotipo da dengue –são quatro– entrou em circulação no país há cerca de dois anos, encontrando uma população suscetível que já teve outras variantes da doença em anos anteriores.

MAIS GRAVE

Com esse quadro, somado à situação de epidemia das cidades da região, a possibilidade é que formas mais graves da dengue ocorram com mais frequência em relação a anos anteriores, de acordo com Coelho.

“Evoluções para dengue hemorrágica, por exemplo, são mais prováveis”, diz.

Em Barretos, a prefeitura aguarda o resultado do exame de um homem de 34 anos que supostamente morreu em decorrência de dengue hemorrágica.

A administração também contratou 25 novos agentes após a confirmação de epidemia da doença.

AÇÕES

Morro Agudo, com 170 casos confirmados de dengue, também abriu concurso para contratar mais 25 agentes, segundo o secretário da Saúde Luiz Roberto Sacoman.

Em Colômbia, a última epidemia antes da atual havia ocorrido em 2004, segundo o secretário da Saúde do município, Adilei Storti.

A situação é preocupante, diz ele, em razão do fluxo de pessoas para cidades da região onde há mais casos de dengue, como Barretos.

“Apesar de não termos muitos casos importados de dengue, o mosquito está em quase todas as cidades.”

Além de nebulizações e mutirões de limpeza, as prefeituras de Pitangueiras e Guaíra dizem ter adotado medidas educativas de orientação para a população.

Procuradas pela Folha, as prefeituras de Ituverava e Miguelópolis não comentaram os números da dengue.

Matéria completa na Folha SP

Proteste diz ter encontrado pelos em ketchup da Heinz; empresa nega

Folha Gospel

A Proteste – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor informou nesta terça-feira que pediu à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a retirada preventiva do mercado do lote 2C30 do Tomato Ketchup Heinz, de 397 gramas, após ter encontrado pelos de roedor no produto.

Segundo a entidade, as amostras foram compradas em supermercado de São Bernardo (SP) no fim do ano passado. A empresa negou as irregularidade e questionou os testes.

Em nota, a Anvisa informou que no último dia 15 foi notificada do fato pela Proteste, porém invocou o Parecer nº 127/2007/Anvisa/MS para concluir que, “na seara de exercício do poder de polícia sanitária, não se mostra legítima a transferência a laboratórios não oficiais das atividades de análises probatórias para subsidiar decisão de polícia administrativa”, ou seja, que não vai tomar uma decisão de retirada de um produto do mercado em razão de teste feito por órgão não oficial. Além disso, considerou os laudos da avaliação do produto insatisfatórios.

A Anvisa também informou que acionou o Órgão de Vigilância Sanitária do Estado de Goiás “para verificar o cumprimento da legislação sanitária vigente, uma vez que as ações na área de alimentos são descentralizadas”. Contatado, o Órgão de Vigilância Sanitária ainda estava apurando os fatos para tomar uma posição. A Heinz é dona da marca Quero Alimentos no Brasil, cujo parque industrial se localiza em Goiás.

Em nota enviada à imprensa, a Heinz Brasil informou que não teve a oportunidade de avaliar o produto em questão ou de validar a precisão do teste do produto. “Com base em nossos rigorosos programas de qualidade e segurança temos razões para questionar o teste e não temos nenhuma evidência de problemas de segurança com o produto”, segundo a nota.

Na semana passada, a marca de alimentos Heinz entrou para a lista de negócios capitaneados pelo fundo 3G, dos brasileiros Jorge Paulo Lemann, Beto Sicupira e Marcel Telles, fundadores da Ambev. Eles se uniram ao megainvestidor Warren Buffett e pagaram US$ 28 bilhões pela empresa fundada em 1869. O objetivo é tornar a Heinz uma potência global de alimentos comparável à AB Inbev em bebidas.

Fonte: Estadão

Leia mais na Folha Gospel

SBB bate recorde em distribuição de Bíblias

FOLHA GOSPEL

A Sociedade Bíblica do Brasil bateu o recorde em distribuição de Bíblias completas no ano de 2012, contabilizando 7.389.040 exemplares.

Ao todo, incluindo Bíblias, Novos Testamentos, porções bíblicas, foram 244.716.807 exemplares.

“Estamos cada dia mais motivados em cumprir nossa a missão, de tornar a Palavra de Deus acessível a todas as pessoas, especialmente àquelas em situação de vulnerabilidade social. A nossa expectativa é que essas vidas possam ser transformadas pela mensagem de fé e de esperança contidas no Livro Sagrado”, ressalta o diretor executivo da SBB, Rudi Zimmer, em um email compartilhado com o The Christian Post.

Para obter os resultados, a organização contou com um dos maiores parques gráficos do mundo, destinado à produção das Escrituras.

“Em 2012 demos outro passo para tornar ainda mais efetiva nossa atuação, com a inauguração de um Centro de Distribuição. Ao reduzir custos e prazos de entregas, este novo espaço tem o mérito de facilitar a disseminação da Palavra de Deus em todo o Brasil”, acrescentou Zimmer.

A SBB oferece o texto bíblico em diferentes formatos e alcançando, assim, diversos tipos de públicos.

A organização trabalha também com Ação Social, oferecendo publicações gratuitas para os menos favorecidos, através de programas como Luz na Amazônia, Luz no Nordeste, Luz no Sul do Brasil e Luz no Sudeste.

A SBB serve igrejas cristãs no Brasil e também em todo o mundo, exportanto Bíblias para mais de 100 países das Américas, África, Ásia e Europa.

Fonte: The Christian Post

Leia mais na Folha Gospel

Bíblia Manuscrita será entregue no Rio de Janeiro

SOCIEDADE BÍBLICA DO BRASIL

No dia 26 de fevereiro, a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) promoverá a solenidade de entrega da edição completa da Bíblia Manuscrita, transcrita pela população do Rio de Janeiro, à Biblioteca Pública do Estado. A cerimônia ocorrerá às 18 horas, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. A edição fluminense das Escrituras Sagradas está disponível no portal www.bibliamanuscrita.org.br, com a lista de todos os copistas.

O projeto Bíblia Manuscrita relembra como o Livro Sagrado foi preservado, antes da invenção da imprensa, e transmitido por meio de cópias manuscritas, assegurando que a Palavra de Deus se mantivesse viva até os dias de hoje.

As edições da Bíblia transcritas nos estados de Sergipe, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rondônia, Mato Grosso, Alagoas, Espírito Santo e Rio Grande do Norte também podem ser conferidas no site.

Entrega da Bíblia Manuscrita à Biblioteca Pública
Data: 
26 de fevereiro de 2013
Horário: 18 horas
Local: Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro
Endereço: Rua Primeiro de Março, s/n, Praça XV – Rio de Janeiro – RJ

 Leia mais na Sociedade bíblica do Brasil

Mensalidade de pré-escolas sobe mais que ensino superior

FOLHA DE SÃO PAULO

Com menos concorrência, as escolas que oferecem cursos de pré-escola e ensino fundamental e médio conseguiram reajustar em nível mais alto suas mensalidades do que as de ensino superior, mostram dados da FGV (Fundação Getúlio Vargas) levantados a pedido da Folha.

As escolas particulares alegam aumento de custos, mas especialistas dizem que o aumento da renda das famílias permite repasses maiores.

Análise: Consumidor busca conteúdo, e não apenas preços baixos

Já a competição entre faculdades e universidades e a grande abertura de vagas no ensino superior –muitos deles à distância e outros de curta duração e com preços menores– inibem os aumentos dessas instituições.

Os cursos superiores subiram, em média, 6,40% em janeiro deste ano, enquanto os de pré-escola, fundamental e médio tiveram aumentos maiores: 10,10%, 9,81% e 9,72%, respectivamente.

O material escolar também aumentou mais neste ano –1,36% em janeiro, contra 0,76% em igual mês de 2012.

André Braz, economista da FGV, diz que janeiro “concentra quase que a totalidade dos reajustes do grupo educação”. É quando as matrículas são renovadas e aplicados os reajustes –que, por lei, só podem ocorreu uma vez ao ano.

Pela primeira vez a FGV pesquisou em separado o preço do livro didático e constatou uma alta de 3,94%, superior à de artigos de papelaria.

Na média, o grupo educação registrou inflação de 6,58% em janeiro de 2013, numa variação próxima à de 2012 (6,79%).

Para o economista Luiz Roberto Cunha, da PUC-Rio, os colégios têm obtido aumentos maiores graças à renda mais elevada das famílias. “Assim como todos os serviços, a educação sobe acima da inflação média”, afirma. Braz faz a mesma avaliação.

O economista da PUC-Rio afirma, porém, que “a profusão de cursos superiores nos últimos anos” ampliou a concorrência, impedindo aumentos maiores nessa categoria.

Matéria completa na Folha de São Paulo