30 Anos de ministério na IEADERP

      Na comemoração dos 30 anos de ministério do pastor Antonio Silva Santana na IEADERP, prevista para acontecer nos dias 11 e 12 de janeiro de 2014 no Grande Templo, é importante relembrar alguns fatos interessantes nessas três décadas.

Você sabia?

     Que a Assembleia de Deus – Missão – Campo de Ribeirão Preto é uma das igrejas evangélicas mais antigas de Ribeirão Preto (SP), com 76 anos de atividade completados em 2013. A IEADERP é mais antiga do que várias cidades brasileiras, incluindo capitais como Palmas (capital do estado do Tocantins) e Brasília (capital do Brasil). É possível dizer que a IEADERP é uma igreja com história para contar.

Congresso aprova o Orçamento de 2014 e aumenta o salário mínimo

VERDADE GOSPEL

   O Plenário do Congresso aprovou na madrugada desta quarta-feira (18) a proposta de Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2014 (PLN 9/13). O valor total do Orçamento da União para 2014, nos termos do substitutivo apresentado, é de R$ 2,48 trilhões, dos quais R$ 654,7 bilhões são referentes à rolagem da dívida pública. O salário mínimo previsto para entrar em vigor a partir de 1º de janeiro do ano que vem é de R$ 724. O texto aprovado prevê um crescimento do produto interno bruto (PIB) de 4% no ano que vem. A inflação prevista é de 5,30%, pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A taxa de juros (Selic) média prevista é de 9,29%.

   O relator-geral da proposta, deputado Miguel Corrêa (PT-MG), disse que o Orçamento de 2014 reflete um amplo entendimento dos parlamentares. O texto eleva o investimento público em R$ 900 milhões para o próximo ano e mantém despesas com pessoal. O total de investimento público previsto é de R$ 105,6 bilhões. Para garantir o salário mínimo de R$ 724, Corrêa remanejou recursos. Assim, viabilizou o aumento de R$ 1,10 em relação aos R$ 722,90 previstos na proposta enviada pelo Executivo.

   Pelo relatório, o investimento do orçamento fiscal e da seguridade social sobe de R$ 74,6 bilhões, previsto na proposta original encaminhada pelo Executivo, para R$ 75,7 bilhões, um aumento de 1,4%. Corrêa lembrou que teve a menor reestimativa de receita dos últimos anos (R$ 12,1 bilhões) para poder atender a emendas.

Matéria completa em Verdade Gospel

30 Anos de ministério na IEADERP

      Na comemoração dos 30 anos de ministério do pastor Antonio Silva Santana na IEADERP, prevista para acontecer nos dias 11 e 12 de janeiro de 2014 no Grande Templo, é importante relembrar alguns fatos interessantes nessas três décadas.

Você sabia?

     Que a Assembleia de Deus – Missão – Campo de Ribeirão Preto é uma das poucas igrejas administradas de maneira a ter o menor nível de dívida possível. É uma igreja com pouquíssimas dívidas e todas elas consideradas dívidas boas: uma gestão almejada por muitas empresas nacionais e multinacionais.

Médicos implantam mão de paciente na perna por 1 mês

TERRA

   Em um hospital de Changde, os médicos se disseram incapazes de reimplantar a mão e o encaminharam a um hospital maior, em Changsha.

  Os cirurgiões afirmaram que poderiam fazer a cirurgia, mas não no momento devido aos ferimentos do chinês. Eles então implantaram a mão na perna do paciente para que ela não morresse.

    “Seus ferimentos eram graves. Nós claramente tínhamos que tratar os ferimentos antes de fazer a cirurgia”, diz um dos médicos ao jornal.

    Um mês depois, Wei tinha se recuperado o suficiente para passar pela cirurgia. Apesar do sucesso do reimplante, ele ainda precisará de outras cirurgias. Os médicos, contudo, estão confiantes de que ele se recuperará plenamente.

Matéria disponível em: Terra

30 Anos de ministério na IEADERP

     Na comemoração dos 30 anos de ministério do pastor Antonio Silva Santana na IEADERP, prevista para acontecer nos dias 11 e 12 de janeiro de 2014 no Grande Templo, é importante relembrar alguns fatos interessantes nessas três décadas.

Você sabia?

     Que o pastor Antonio Silva Santana é o pastor presidente com mais tempo de atividade na IEADERP. Antes dele, o pastor Luiz Almeida do Nascimento ficou mais tempo por aqui: 13 anos na presidência.

30 Anos de ministério na IEADERP

   DA REDAÇÃO

   Na comemoração dos 30 anos de ministério do pastor Antonio Silva Santana na IEADERP, prevista para acontecer nos dias 11 e 12 de janeiro de 2014 no Grande Templo, é importante relembrar alguns fatos interessantes nessas três décadas.

Você sabia?

     Que um dos maiores templos evangélicos em construção no país pertence à IEADERP? Isso mesmo! E esse templo, em fase final de construção, localiza-se em Ribeirão Preto (SP), na Via Norte. Trata-se do maior projeto em andamento da igreja. O terreno foi comprado em 1994 e, 19 anos depois, o que se vê é um templo de grandes dimensões.

Congresso Nacional deverá votar diversos projetos contrários a princípios cristãos

FOLHA GOSPEL

   O Senado Federal tem essa semana em sua pauta de votação quatro projetos que suscitam preocupação entre líderes cristãos e que interferem diretamente no estilo de vida apregoado pelos cristãos. Os projetos PLC 103/2012, PLC 122/2006, PLS 236/2012 e PLC 72/2007 tratam de questões que interferem diretamente no estilo de vida apregoado pelos cristãos e são vistos como nocivos às tradições familiares, liberdades de expressão e crença, e de opinião.

O PLC 103/2012 refere-se ao Plano Nacional de Educação (PNE) e possui itens que tratam da orientação sexual e gênero. Caso seu texto seja aprovado como está proposto, a legislação abriria uma brecha para que educadores de todo o país estimulem as crianças ao conhecimento sexual ainda na infância.

O PLC 122/2006 é o polêmico projeto que, segundo ativistas gays, trata do combate à homofobia. Na visão dos líderes cristãos e parlamentares das bancadas evangélica e católica, o projeto é uma “mordaça gay”, pois interfere no direito ao livre pensamento e à liberdade de expressão, além de ser visto como inconstitucional por muitos justamente por estabelecer privilégios a cidadãos homossexuais.

O pastor Marco Feliciano (PSC-SP), deputado federal, usou seu Twitter para alertar sobre os riscos deste projeto: “O PL 122, se aprovado, corre o risco da pedofilia ser naturalizada como variante da orientação sexual e gênero, criminalizando os contrários [a essa prática]”.

PLS 236/2012 trata da reforma do Código Penal, e possui itens que criminalizam pessoas que sejam contra a “livre orientação sexual e à igualdade gênero” e circunstâncias variáveis relacionadas a essa questão. A pregação cristã contra a homossexualidade, prostituição, adultério e poligamia poderia ser classificada como criminosa, caso o texto seja aprovado como está.

O PLC 72/2007 prevê que um transexual mude o nome de batismo em sua Certidão de Nascimento para incluir o nome que deseja adotar depois da cirurgia de mudança de sexo. O projeto é de autoria de Luciano Zica, um ex-deputado federal pelo Partido dos Trabalhadores (PT), e tem o apoio de boa parte dos parlamentares da base de sustentação do governo da presidente Dilma Rousseff (PT).

Já na Câmara dos Deputados, o projeto apelidado de “Lei da Palmada” deverá ser discutido e votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) esta semana. A lei prevê que castigos físicos impostos pelos pais aos filhos sejam considerados criminosos.

O pastor Marco Feliciano pediu aos fiéis que orem e se manifestem contra os projetos: “Divulgue nas redes sociais, escreva e telefone para os senadores da República, pedindo que estejam atentos […] Preferi alertar agora porque creio na oração da madrugada: ‘Eu amo aos que me amam, e os que de madrugada me buscarem, me acharão’. PV 8:17”.

Fonte: Gospel+

Matéria disponível em Folha Gospel

Ativista diz que programas religiosos na TV ferem a Constituição

GOSPEL PRIME

   A membro do Conselho Federal de Psicologia e integrante da executiva do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), Roseli Goffman, disse que a transmissão de programas religiosos em rádios e TV é um desrespeito a Constituição Federal. Goffman afirma que na Carta Magna, no Artigo 19, a separação do Estado e as religiões torna proibido as concessões de rádio e TV para igrejas.

   A psicóloga falou sobre o tema durante a audiência pública organizada pelo Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro tratando sobre intolerância religiosa nos meios de comunicação.

   De acordo com a Agência Nacional do Cinema (Ancine) 13,5% da grade das emissoras de TV aberta está ocupada por programas religiosos, sendo a maioria deles evangélicos. Roseli critica a falta de espaço para as 140 religiões brasileiras, espaço esse conquistado apenas por quem tem poder aquisitivo para pagar os altos valores cobrados pelas emissoras. “A ocupação desse espaço deveria seguir critérios e valores, e não somente as leis de mercado”, criticou.

   No debate também estava o babalaô Ivanir do Santos que atua em defesa das religiões candomblé e umbanda. Para ele a intolerância nos meios de comunicação acontece “pela ausência ou pela negação” da cultura de matriz africana.

   “Tem uma emissora que não fala da gente nem amarrado, nem quando fazemos grandes manifestações. Outras dão espaço para que nos ataquem”, disse. “O problema é fazer proselitismo no espaço público e atacar a liberdade do outro”, completou.

   O procurador da República Sergio Suiama também estava presente no debate dizendo que tem questionado o aluguel desses espaços juridicamente, para poder impedir o que ele chama de “proselitismo e assegurar a pluralidade”.

   “A questão é: podem essas emissoras concessionárias de um serviço público sublocar o espaço que têm, seja para vender tapete, seja para vender religião? Do ponto de vista da legislação, há uma limitação”, disse o procurador.

   O problema estaria exatamente na falta de diversidade de religiões na TV e nas rádios. O procurador também se mostrou insatisfeito com programas evangélicos que ofendem as religiões afro-brasileiras. Com informações Exame.

   Matéria disponível em Gospel Prime

30 Anos de ministério na IEADERP

DA REDAÇÃO

     Na comemoração dos 30 anos de ministério do pastor Antonio Silva Santana na IEADERP, prevista para acontecer nos dias 11 e 12 de janeiro de 2014 no Grande Templo, é importante relembrar alguns fatos interessantes nessas três décadas.

Você sabia?

     Em 1984, quando o pastor Santana assumia a direção da igreja em Ribeirão Preto, o campo possuía apenas 23 congregações na época. Hoje, são 173 espalhadas pela cidade e região, incluindo o sul de Minas Gerais. Um crescimento de 652,17%.

Morre Nelson Mandela, ex-presidente sul africano

EXAME.COM

   Dirigentes de todo o mundo lamentaram a morte do líder sul-africano Nelson Mandela, herói da luta contra o apartheid, que faleceu na quinta-feira em sua residência de Johannesburgo, aos 95 anos.

   O primeiro presidente negro dos Estados Unidos,Barack Obama, homenageou Mandela, primeiro presidente negro da África do Sul, lamentando a partida de um homem “valente e profundamente bom”.

   O primeiro-ministro britânico, David Cameron, declarou que “uma grande chama se apagou no mundo”, afirmando que “Nelson Mandela era um herói do nosso tempo”.

   A rainha da Inglaterra Elizabeth II afirmou ter ficado “profundamente entristecida” com a morte de Nelson Mandela. “A rainha se sentiu profundamente entristecida ao saber da morte de Nelson Mandela na noite passada. Mandela trabalhou incansavelmente pelo bem de seu país e seu legado é a África do Sul pacífica que conhecemos hoje em dia”, afirma um comunicado do Palácio de Buckingham.

 G1

   O funeral do líder sul-africano Nelson Mandela, que morreu nesta quinta-feira (5) aos 95 anos em Pretória, deve durar 12 dias, segundo reportagem divulgada no site do jornal britânico “The Guardian”. A publicação teve acesso a um documento do governo da África do Sul que estabelece o calendário provisório das cerimônias fúnebres, durante 12 dias a partir do momento da morte de Mandela.

 TERRA

   O ex-presidente e líder histórico da luta contra a segregação racial da África do Sul, Nelson Mandela, morreu nesta quinta-feira, 5 de dezembro de 2013. A notícia foi transmitida à nação e ao mundo pelo presidente sul-africano, Jacob Zuma.

   Mandela tinha 95 anos e há muito lutava contra doenças decorrentes do período em que permaneceu preso por conta de sua luta contra o Apartheid, regime segregacionista que imperou durante décadas no seu país. Ele passou 27 anos preso para depois se eleger presidente da África do Sul, de 1994 a 1999.

   Durante o último ano, Mandela havia passado muitos meses internado em condições críticas, mas recentemente retornara para seu lar, onde permaneceu até hoje, ao lado de familiares e amigos.

 FOLHA DE S. PAULO

  A África nunca terá visto nada igual. Em meio a tristeza inimaginável, a morte de Nelson Mandela será marcada pelos maiores eventos jamais organizados no continente, e que serão acompanhados pelo maior número de pessoas.

   O presidente sul-africano, Jacob Zuma, disse na noite de quinta-feira: “Nosso amado Madiba terá um funeral de Estado. Dei ordem para que todas as bandeiras da República da África do Sul sejam hasteadas a meio-pau e que continuem a meio-pau até depois do funeral.”

Evento histórico na IEADERP – em janeiro de 2014

DA REDAÇÃO

     Após várias décadas de trabalho e dedicação na obra de Deus, o pastor presidente da IEADERP completará, em janeiro de 2014, 30 anos de ministério aqui em Ribeirão Preto. São três décadas à frente da Assembleia de Deus – Missão – Campo de Ribeirão Preto (SP). E você já está convidado a comemorar conosco, num grande evento de celebração que acontecerá nos dias 11 e 12 de janeiro de 2014.

     Serão dois dias de ações de graças pelos anos de dedicação do nosso pastor.

     E no último dia da festa, dia 12, ocorrerá uma celebração toda especial em homenagem ao aniversário da irmã Lourdes Santana, líder geral do Círculo de Oração de todo o campo.

     Serão dois dias especiais para serem lembrados em 2014.

Datas: Dias 11 e 12 de janeiro, a partir das 19h.

Local: Grande Templo da IEADERP, na Via Norte.

Participação especial: Fabiana Anastácio, de Santo André (SP).

Convidados: VOCÊ e toda a sua família.

     Venha se alegrar conosco nesses dias.

     A igreja te espera lá!

Com revisão na expectativa de vida, valor de novas aposentadorias cai

G1

     Com a revisão da expectativa de vida do brasileiro, divulgada nesta segunda-feira (2) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), quem fizer, a partir desta segunda, novos pedidos de aposentadoria terá uma perda no valor do benefício com relação aos pedidos feitos até sábado (30) – ou terá que trabalhar mais dias para manter o mesmo valor.

Concessão de aposentadoria
Mulheres Por tempo de contribuição:
Mínimo de 25 anos de contribuição

Por idade:
A partir dos 60 anos

Homens Por tempo de contribuição:
Mínimo de 30 anos de contribuição

Por idade:
A partir dos 65 anos

      Uma pessoa de 60 anos, por exemplo, que fez o pedido de aposentadoria nesta segunda, terá um benefício menor que outra com a mesma idade e mesmo tempo de contribuição que fez a solicitação na semana passada.

     Segundo o advogado Breno Dias Campos, do escritório Lacerda Advogados, a redução no valor final do benefício será de quase 2%, em média, para pessoas em idade de se aposentar.

     Isso acontece porque o Ministério da Previdência atualizou, com os novos dados de expectativa de vida, a tabela do chamado “fator previdenciário”, usado para calcular o valor das aposentadorias por tempo de contribuição. Ele reduz o valor dos benefícios quanto maior for a expectativa de sobrevida do aposentado (ou seja, quantos anos mais se espera que ele viva).

     Pessoa de 55 anos e 35 de contribuição terá que contribuir por mais 153 dias para manter o mesmo valor de benefício

     Como neste ano foi registrado aumento na expectativa de sobrevida em todas as faixas, a aposentadoria vai diminuir em todos os casos – se houvesse redução da expectativa, o benefício subirira.

     A Previdência Social esclarece que na aposentadoria por invalidez não há utilização do fator. Na aposentadoria por idade, a fórmula é usada opcionalmente (quando aumentar o valor do benefício).

     O governo diz ainda que o novo fator previdenciário será aplicado apenas às aposentadorias solicitadas a partir desta segunda. Os benefícios já concedidos não sofrerão qualquer alteração.

Redução
O advogado Breno Campos afirma que, para um trabalhador com 60 anos e 35 de contribuição, o fator previdenciário vai resultar em uma redução de 14,2% no valor do benefício (em relação à aposentadoria sem a aplicação do fator) a partir de agora. Até o último sábado, a redução provocada pelo fator era de 12,6%. O resultado da mudança, assim, é uma redução de 1,83% no valor final do benefício entre quem entrou com o pedido no sábado e quem fez o mesmo a partir desta segunda-feira.

     No caso das mulheres, uma trabalhadora com 55 anos de idade e 30 de contribuição terá uma redução agora de 16,7%, contra de 15,1% anteriormente, o que resulta num recuo final de 1,88%, apontam os cálculos do advogado.

Dias a mais de trabalho

     A Previdência Social também divulgou cálculos com as alterações dos valores. Segundo o governo, com as novas expectativas de vida, considerando-se a mesma idade e tempo de contribuição, uma pessoa de 55 anos e 35 de contribuição que requerer a aposentadoria a partir desta segunda terá que contribuir por mais 153 dias para manter o mesmo valor de benefício se tivesse feito o requerimento no sábado (30).

     O IBGE divulgou que, em 2012, a esperança de vida ao nascer no Brasil subiu para 74,6 anos para ambos os sexos, um acréscimo de 5 meses e 12 dias em relação ao valor estimado para o ano de 2011 (74,1 anos).

    A queda do valor da aposentadoria ocorre porque, além da expectativa de vida ao nascer, o IBGErecalcula, também, a expectativa de sobrevida (quantos anos mais espera-se que a pessoa viva) para cada faixa etária.

Da mesma forma, um segurado que se aposente aos 60 anos de idade tinha uma sobrevida estimada de 21,2 anos em 2012, agora tem uma sobrevida de 21,6 anos.

     No cálculo do fator, a expectativa de vida entra como um divisor. Quanto menor a expectativa de sobrevida, maior o valor do benefício, já que se espera que o contribuinte vá recebê-lo por menos tempo.

     Segundo a Previdência, a utilização dos dados como uma das variáveis da fórmula de cálculo do fator foi determinada pela Lei 9.876, de 1999, quando se criou o mecanismo.

Matéria disponível em G1