Movidos (ou não) pela água

R7

   Rachel Prince, de 24 anos, sofre com um grave problema: ela tem alergia à água. A condição, chamada de urticária aquagênica, não permite que ela tome banhos longos, nade na piscina, beba um copo de água gelado ou, por mais incrível que pareça, beijar seu noivo – por conta da saliva dele. Só de beijá-lo, ela já ficaria toda machucada.

   Me deixa triste, porque obviamente eu quero essa intimidade e proximidade, desabafa Rachel. Mas se Lee me beija no rosto, eu tenho que limpar na hora antes que a reação alérgica aconteça. É um pouco depressivo não poder beijar, mas Lee compensa de outras formas, sendo carinhoso e me comprando presentinhos.

O lado oposto de Rachel Prince

   Sasha Kennedy, de 26 anos, que mora em Essex, na Inglaterra, bebe 20 litros de água por dia. Ela carrega várias garrafas para qualquer lugar que ela vai e raramente dorme mais de uma hora por noite sem acordar para beber ou para ir ao banheiro, segundo o site Daily Mail. Ela vai ao banheiro 40 vezes todos os dias e chegou, até mesmo, a sair do seu emprego devido à falta de qualidade da água do local do trabalho.

   Apesar de exceder o máximo de litros de água que uma pessoa deve beber ao dia, recomendada pelos especialistas, os médicos disseram que Sasha não possui nenhum problema de saúde. Sasha disse: Eu sinto sede praticamente o tempo todo e sempre tenho que beber água – é um hábito viciante. O maior tempo que eu consegui dormir foi cerca de uma hora e 15 minutos, porque preciso beber água e ir ao banheiro.

   Ela começou a desenvolver esse hábito quando tinha dois anos. Na escola, ela tomava uma garrafa de água todos os dias e, durante os intervalos, ficava perto do bebedouro, enquanto as outras crianças brincavam. Aos 13 anos, ela já estava bebendo 12 litros de água por dia.

   Especialistas disseram que a condição de Sasha é rara, pois o consumo médio de água que um adulto faz é um pouco mais de 200 ml por dia. A nutricionista, Emma Derbyshire, disse: A hidratação feita com qualquer líquido é possível, mas em casos extremos pode ser perigoso. Mas, isso é muito raro.

 

Matérias disponíveis em R7 e R7

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s