Passagem de ônibus sobe R$ 0,40 a partir de domingo em Ribeirão Preto

G1

A Prefeitura de Ribeirão Preto anunciou nesta sexta-feira (29) o reajuste de 11,76% no valor da passagem de ônibus. A tarifa passa de R$ 3,40 para R$ 3,80 a partir deste domingo (31). Também foi reajustada a cobrança nas linhas alimentadoras, subindo de R$ 1,15 para R$ 1,30.

A integração, que permite ao usuário tomar até três linhas diferentes em um prazo de 120 minutos com apenas uma passagem, foi mantida, e o mesmo vale para as linhas alimentadoras.

A decisão foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira.

Matéria completa disponível em G1

Anúncios

MEC cria regra para inibir faltas no Enem e aumenta taxa de inscrição

CORREIOS 24 HORAS

O Ministério da Educação (MEC vai criar regras para inibir o alto índice de faltas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Além disso, a taxa de inscrição no exame vai praticamente dobrar. As medidas surgem na esteira do reajuste fiscal do governo e do esforço da pasta para diminuir gastos.

As alterações devem ser comunicadas amanhã em Brasília, mas até esta quarta-feira, 13, não havia confirmação oficial sobre as novas regras. A nova taxa de inscrição deve ser de R$ 63. Desde 2004, o ministério cobra R$ 35. Mesmo depois de o exame ser transformado em vestibular para as universidades federais, em 2009, o valor não havia sido alterado.

Matéria completa disponível em Correio 24 Horas

Sabesp alega crise e agência autoriza aumento de 13,8% na conta de água

UOL

A Agência Reguladora de Saneamento e Energia de São Paulo (Arsesp) autorizou na segunda-feira (30) um reajuste de 13,8% nas contas de água e esgoto da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) – maior aumento desde 2003.

A estatal havia pedido uma revisão extraordinária da tarifa ao órgão no início deste mês alegando “risco ao equilíbrio econômico-financeiro” por causa dos prejuízos provocados pela crise hídrica no Estado.

Segundo a Arsesp, foi autorizado reajuste de 6,3% na fatura da Sabesp para repor o aumento com as despesas com a energia elétrica e com a queda do consumo de água na Grande São Paulo em decorrência da crise, além de 7% de correção inflacionária acumulada em 12 meses pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A agência usa também outros fatores econômicos para chegar ao índice definido.

Matéria disponível em Uol Notícias

Contribuições ao INSS aumentará para trabalhador

VERDADE GOSPEL

   A partir do mês que vem, quem trabalha com a carteira assinada passará a ter um desconto maior no contracheque (referente ao salário de janeiro). O recolhimento ficará maior por conta da correção da tabela de contribuição do INSS. Com a mudança, o valor do desconto mensal vai chegar a R$ 482,92 (caso de quem recolhe 11% sobre o teto da Previdência Social, que agora subiu para R$ 4.390,24).

   A portaria que alterou a tabela de contribuição dos empregados com carteira assinada, dos domésticos e dos trabalhadores avulsos (donas de casa e estudantes) foi publicada no dia 13 de janeiro, no Diário Oficial da União. Na ocasião, ficou decidido que aumento anual dos nove milhões de segurados que ganham acima do piso nacional seria de 5,56%. Esse percentual corrigiu também as cotas do salário-família (de R$ 35, para o trabalhador com ganho de até R$ 682; e de R$ 24,66 para aquele com rendimento mensal acima de R$ 682 e igual ou menor do que R$ 1,025).

Matéria disponível em Verdade Gospel