Passagem de ônibus sobe R$ 0,40 a partir de domingo em Ribeirão Preto

G1

A Prefeitura de Ribeirão Preto anunciou nesta sexta-feira (29) o reajuste de 11,76% no valor da passagem de ônibus. A tarifa passa de R$ 3,40 para R$ 3,80 a partir deste domingo (31). Também foi reajustada a cobrança nas linhas alimentadoras, subindo de R$ 1,15 para R$ 1,30.

A integração, que permite ao usuário tomar até três linhas diferentes em um prazo de 120 minutos com apenas uma passagem, foi mantida, e o mesmo vale para as linhas alimentadoras.

A decisão foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira.

Matéria completa disponível em G1

Anúncios

Passagem de ônibus sobe para R$ 3,00 em Ribeirão Preto

RIBEIRÃO PRETO ONLINE

   Após assinatura de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com o Ministério Público foi definida a nova tarifa de R$ 3, para o transporte coletivo urbano de Ribeirão Preto, a partir deste sábado (11), mesma data que entra em vigor a eliminação do pagamento da tarifa em dinheiro a bordo dos ônibus urbanos.

   O TAC foi assinado pela prefeita Dárcy Vera (PSD), pelo diretor superintendente da Transerp, William Latuf; pelo representante do Consórcio PróUrbano, Roque Felício; e pelo promotor Carlos César Barbosa.

   Pelo TAC, a Prefeitura terá que adequar à legislação municipal que regulamenta a definição sobre gratuidade para pessoas com deficiência física à legislação federal. Segundo o promotor há um número muito grande de gratuidade que deve ser revisto.

   Outro ponto do TAC é a integração tarifária do sistema alimentador (Leva e Traz). Será estabelecida uma tarifa para o uso exclusivo do serviço alimentador no valor de R$ 1. A tarifa somente será cobrada pelo sistema quando o usuário não utilizar de outra linha de ônibus. O prazo de implantação será janeiro de 2015.

   Além disso, foi criada uma tarifa de R$ 5 a ser paga de forma extraordinária diretamente ao motorista de ônibus pelo usuário que não tiver cartão. O passageiro receberá um cartão. Caso o usuário não tenha interesse em utilizar o cartão outras vezes, poderá devolvê-lo ao Consórcio PróUrbano que ressarcirá o valor de R$ 2.

   Matéria completa disponível em Ribeirão Preto Online

São Paulo e Rio anunciam redução das tarifas do transporte público

G1

Após duas semanas de protestos pelo país, as prefeituras de São Paulo e Rio anunciaram nesta quarta-feira (19) a redução no valor das tarifas do transporte público. Em São Paulo, as passagens de ônibus, metrô e trens voltarão a custar R$ 3 a partir de segunda-feira (24). No Rio, a tarifa de ônibus baixou de R$ 2,95 para R$ 2,75 e o aumento de trem, metrô e barcas foi suspenso. O valor antigo volta a valer já nesta quinta-feira (20).

Em São Paulo, a decisão foi anunciada após reunião entre o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Fernando Haddad (PT) no Palácio dos Bandeirantes. Anteriormente, os dois chegaram a dizer que não iriam rever o valor das tarifas e manteriam o preço das passagens, que havia sido reajustado no dia 2 de junho.

     Os protestos, inicialmente convocados contra o aumento das tarifas de ônibus, tomaram corpo no dia 6, em São Paulo. Nesse dia, uma quinta-feira, houve confronto e depredação pela cidade. Quinze pessoas foram detidas. Depois, os protestos tomaram o país e se transformaram numa reivindicação sobre outros problemas, como saúde, educação e até uma crítica sobre os eventos esportivos que o Brasil vai sediar.

Em Aracaju, a prefeitura também decidiu reduzir o valor da passagem de R$ 2,45 para R$ 2,35. Entre segunda (18) e terça-feira (19), outras quatro capitais anunciaram redução das tarifas: Porto Alegre, Recife João Pessoa e Cuiabá.

Manifestações pela redução do preço das passagens e por mais qualidade nos transportes públicos, entre outros motivos, estão previstas para ocorrerem em várias cidades brasileiras nesta quinta-feira (20).

Matéria completa disponível em G1