Nogueira é eleito novo prefeito de Ribeirão Preto

A CIDADE

Duarte Nogueira (PSDB) foi eleito prefeito de Ribeirão Preto. Com 100% das urnas apuradas ele fechou com 56,94% dos votos válidos. Ricardo Silva (PDT), teve 43,06% da preferência do eleitorado.

Logo após saber do resultado, o tucano discursou em seu comitê e agradeceu à população de Ribeirão Preto e também à todos que participaram de sua campanha.

“Agradeço a todos que, democraticamente, escolheram pela renovação. Agora, daqui para frente, é pensar pela nossa cidade. Quero agradecer a todos que estiveram conosco fazendo uma campanha maravilhosa, um exemplo de democracia e construindo valores que precisam ser destacados. Precisamos voltar a acreditar na política, no trabalho, e na verdade. Ribeirão Preto se reencontra com sua vontade majoritária. Essa eleição foi construída com trabalho, suor, lágrimas e muita dedicação.”, declarou.

Nogueira ainda salientou a participação de Carlos Cézar Barbosa, vice de sua chapa. “Será um grande vice-prefeito. Em quem eu confio. Se ele aprendeu alguma coisa comigo, eu aprendi muito com ele, assim como aprendi com todos vocês durante toda a campanha”.

Matéria disponível no Jornal A Cidade

Passagem de ônibus sobe R$ 0,40 a partir de domingo em Ribeirão Preto

G1

A Prefeitura de Ribeirão Preto anunciou nesta sexta-feira (29) o reajuste de 11,76% no valor da passagem de ônibus. A tarifa passa de R$ 3,40 para R$ 3,80 a partir deste domingo (31). Também foi reajustada a cobrança nas linhas alimentadoras, subindo de R$ 1,15 para R$ 1,30.

A integração, que permite ao usuário tomar até três linhas diferentes em um prazo de 120 minutos com apenas uma passagem, foi mantida, e o mesmo vale para as linhas alimentadoras.

A decisão foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira.

Matéria completa disponível em G1

Confira a programação da Feira do Livro nesta segunda-feira

A CIDADE

A programação desta segunda-feira (13) na 16ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto oferece mais de 20 atividades, distribuídas em oito espaços.

Na parte da manhã, os destaques são os Salões de Ideias com o escritor Raphael Montes, no Theatro Pedro II, e “Leio, Logo Escrevo”, com Regina Batista, Alfredo Rossetti, Juliana Sfair e Nicolas Guto, no Palace.

À tarde, a Sessão Jabuti recebe o escritor e cronista Ignácio de Loyola Brandão no Auditório Meira Jr., onde mais tarde também ocorre o Salão de Ideias sobre Bibliotecas.

No início da noite, Martinhos da Vila fala sobre seus romances no Theatro Pedro II, e a programação fecha com bate-papo com o escritor Augusto Cury, o diretor de cinema e TV Jayme Monjardim e o ator Dan Stulbach, que falam sobre o livro “O Vendedor de Sonhos”, de Cury, e o filme que o adapta, de Jayme, com Dan no elenco.

Matéria completa disponível em jornal A Cidade

Prefeitura cancela o Carnaval e diz que verba vai para combate à dengue

A CIDADE

Pelo terceiro ano consecutivo Ribeirão Preto não vai ter Carnaval de rua. A prefeitura anunciou oficialmente nesta sexta-feira (15) o cancelamento de qualquer verba para os desfiles.

Em 2014 e 2015, o poder público chegou a repassar verba para as escolas montarem estruturas de bailes nas comunidades.

“Ainda vamos informar as escolas sobre a decisão”, disse Alessandro Maraca, secretário municipal da Cultura.

A prefeita Dárcy Vera (PSD) culpou a crise que assola o país e até mesmo a dengue pelo corte do repasse.

“Estamos em crise financeira, com uma queda de arrecadação de quase 22% no FPM (Fundo de Participação dos Municípios) e atrasos nos repasses dos governos estadual desde março do ano passado na Saúde. Estamos com pacientes em número elevado nas unidades por conta da epidemia de dengue e precisaremos redirecionar mais verbas para isso”, disse.

Matéria disponível no jornal A Cidade

Novos terminais de ônibus começam a funcionar em Ribeirão Preto

A CIDADE

Três novas plataformas de ônibus começam a atender os usuários, com mudança de local de 33 linhas que fazem ponto de parada junto ao Mercado Municipal e ao CPC (Centro Popular de Compras) em Ribeirão Preto.

As 13 linhas com ponto na avenida Jerônimo Gonçalves defronte ao CPC migram para a plataforma H, entre a avenida e a rua José Bonifácio. Nove linhas com ponto em frente ao Mercadão migram para a plataforma G, em frente à Jerônimo.

Os dois pontos de parada na José Bonifácio serão extintos e as 11 linhas atendidas serão transferidas para a plataforma I, na mesma rua (leia a baixo todas as alterações).

F.L. Piton / A Cidade

Prefeita Dárcy Vera (PSD) discursa durante entrega dos novos terminais (Foto: F.L. Piton / A Cidade)

A previsão é que mais de 30 mil passageiros passem diariamente pelas novas plataformas. No local, com 4,2 mil metros quadrados, há seis pontos de ônibus com capacidade para abrigar 13 coletivos simultaneamente.

As plataformas contam com lanchonete, refeitório e sanitários para motoristas e usuários, acessibilidade para portadores de necessidades especiais, além de terminais de autoatendimento para recarga dos cartões eletrônicos. Outra inovação são os painéis que informam os horários, em tempo real, de todas as linhas que passam pelos terminais.

Mais informações sobre as mudanças podem ser obtidas pelo telefone 0800-7710118 ou pelo site www.nossoritmoribeirao.com.br.

Confira como ficam as linhas

PLATAFORMA G (em frente à avenida Jerônimo Gonçalves)

9 linhas
– 337 – LAGOINHA – IPIRANGA
– 373 – V. ABRANCHES – IPIRANGA
– 507 – PLANALTO VERDE
– 607 – JD. EUGÊNIO LOPES
– 670 – JD. JAMIL CURY
– 148 – SANTA CRUZ – IPIRANGA
– 408 – JOSÉ SAMPAIO
– 508 – JD. PROCÓPIO
– 580 – JD. ALEXANDRE BALBO

PLATAFORMA H (entre a avendia Jerônimo Gonçalves e a rua José Bonifácio)

13 linhas
– 101 – PQ. AVELINO
– 201 – QUINTINO II
– 310 – QUINTINO/AVELINO
– 601 – DISTRITO EMPRESARIAL
– 351 – BONFIM – LAPA
– 202 – JD. IARA
– 220 – PQ. DE EXPOSIÇÕES
– 302 – JD. AEROPORTO
– 320 – JD. SALGADO FILHO I
– 402 – RIBEIRÃO VERDE I
– 420 – RIBEIRÃO VERDE II
– 602 – AEROPORTO LEITE LOPES
– 380 – GERALDO DE CARVALHO

PLATAFORMA I (rua José Bonifácio)

11 linhas
– 106 – D’ELBOUX
– 206 – V. VIRGÍNIA
– 236 – ADÃO DO CARMO – SÃO JOSÉ
– 360 – JD. CENTENÁRIO
– 460 – PQ. RIBEIRÃO
– 506 – JD. PROGRESSO
– 606 – FAZENDA EXPERIMENTAL
– 307 – CIDADE UNIVERSITÁRIA
– 370 – JD. RECREIO
– 407 – JD. PAULO GOMES
– 470 – JD. PAIVA

Fonte: Transerp

Tribunal de Justiça suspende lei que impede construção da Estação Catedral

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) suspendeu ontem o efeito da Lei 2728/2015, aprovada em agosto em âmbito municipal em Ribeirão Preto, cujo conteúdo proibia qualquer tipo de construção nas praças da Catedral e das Bandeiras, trecho compreendido entre as ruas Américo Brasiliense, Visconde de Inhaúma, Lafaiete e Tibiriçá.

O Executivo entrou com a ação por julgar o código inconstitucional. O então Projeto de Lei, de autoria do vereador Rodrigo Simões (PP), foi elaborado, primordialmente, para evitar que a Administração municipal dê andamento na implantação de cinco plataformas de ônibus na região. Pela decisão do Tribunal, a referida lei não pode gerar nenhum efeito estando o município em condições de prosseguir com projetos de melhoria na área.

O Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico), já aprovou os projetos de duas plataformas na Rua Américo Brasiliense e uma na Rua Visconde de Inhaúma. A Prefeitura ainda aguarda o laudo do Conselho para mais duas plataformas na Rua Florêncio de Abreu.

 

Matéria disponível em Jornal A Cidade

Biometria facial nos ônibus começa a funcionar nesta terça-feira

A CIDADE

O sistema de biometria facial para evitar fraudes no transporte coletivo começa a valer a partir desta terça-feira (1º), de maneira parcial, aos usuários que já fizeram o cadastro.

A nova tecnologia deverá barrar o uso do cartão por terceiros e, principalmente, a ação dos “janelinhas”, que vendem cartões a preços mais baixos aos usuários e depois pegam o cartão pela janela dos ônibus.

“A biometria visa evitar o uso indevido do cartão e evasão de receita”, resume o diretor-superintendente da Transerp, William Latuf.

O analista de transporte da Transerp, Reynaldo Lapate, explica que nada deve mudar no cotidiano do usuário com o novo sistema de biometria, já que ele continuará a passar o cartão na catraca.

“Esse sistema não exige a participação do motorista no controle dos passageiros e não interfere no fluxo de embarque”, explica.

O sistema de biometria foi custeado pelo consórcio Pró-Urbano, que investiu R$ 700 mil na implantação.

90 mil sem regularização

Restam ainda 90 mil usuários com vale-transporte e com o Cartão Cidadão que ainda não fizeram a regularização. Esses dois grupos têm dois prazos diferentes para se cadastrar.

A Transerp esclarece que idosos, estudantes e deficientes já estão cadastrados no sistema da biometria porque, nos últimos 12 meses, eles tiveram de fazer a renovação compulsória do cadastro.

“Pedimos aos usuários que não deixem para renovar o cadastro no último dia para evitar filas”, avisou Lapate. Esse congestionamento ocorreu nos dias antes do fim do dinheiro nos ônibus, em outubro do ano passado.

O sistema de biometria facial foi implantado em 357 veículos que atendem 118 linhas e passam por 3.027 pontos de parada. Ao dia, são atendidos 100 mil usuários.

Inicialmente, havia dúvida se seria implantado o sistema de biometria facial ou o que faz a leitura das impressões digitais. A dúvida foi sanada após um teste dos dois sistemas de identificação entre junho e agosto do ano passado, passado, com 50 usuários da linha Marincek.

Um dos pontos negativos da leitura de impressões digitais seria a dificuldade enfrentada por idosos para colocar o dedo no sensor com o ônibus em movimento.

Matéria completa no jornal A Cidade

Usuário do transporte coletivo ganha guia de bolso em Ribeirão Preto

A CIDADE

Os 100 mil usuários do transporte coletivo em Ribeirão Preto ganham, a partir desta sexta-feira (19), um guia de bolso com informações sobre linhas, trajetos e horários de ônibus.

O miniguia começa a ser distribuído no terminal da Jerônimo e em pontos do Centro. Depois estará disponível em locais fixos ainda a serem definidos pela Transerp (Empresa de Trânsito e Transporte Urbano) e pelo PróUrbano. Ao todo, 150 mil guias foram impressos. O valor total pago pelo consórcio é de R$ 150 mil.

O diretor de transporte da Transerp, José Mauro de Araújo, explica que há 16 versões do guia de bolso.

“Dois contêm informações gerais sobre a rede de transporte e outros 14 têm dados a respeito das linhas”, frisa. Ribeirão conta hoje com 119 linhas, 357 veículos e 3.027 pontos de parada.

O analista de transporte da Transerp, Reynaldo Lapate, acrescenta que o público-alvo do guia de bolso é o usuário que não tem celular ou passageiros que vêm de fora.

Aplicativos

Desde agosto do ano passado, o usuário pode baixar no celular, tablet ou computador o aplicativo CittaMobi, que permite ao passageiro acompanhar, em tempo real, o itinerário e o horário do ônibus. Em abril deste ano, foi lançado o aplicativo Moovit, que organiza a rota do transporte coletivo.

Lapate acrescenta que é impraticável afixar todos os horários nos mais de 3 mil pontos de parada, por isso foram lançados os guias e os aplicativos – a primeira edição do guia saiu no ano passado, mas não era de bolso. A consulta de horários e rotas também pode ser feita pelo site nossoritmoribeirao.com.br.

“Não é possível afixarmos os horários em todos os pontos porque, além da falta de espaço – há locais onde passam 16 linhas –, existe vandalismo nas placas. Nos terminais do RibeirãoShopping e da Jerônimo os horários estão disponíveis”, concluiu Lapate.

Das 2.800 placas em pontos de ônibus existentes, mais de 500 já foram vandalizadas ou furtadas.

“Flagramos até venda pela internet”, conclui José Mauro.

Aplicativo tem adesão de 25 mil usuários

Sem informações suficientes em pontos de ônibus sobre horários ou itinerários, os passageiros têm aderido à tecnologia.

Segundo a Transerp, o aplicativo CittaMobi, no ar há dez meses, já foi baixado por 25 mil usuários – o número representa um quarto do total de passageiros que utilizam o transporte coletivo diariamente.

O aplicativo gratuito fornece, em tempo real, a previsão em minutos para a chegada dos ônibus no ponto de parada desejado.

Para baixá-lo basta acessar o site www.cittamobi.com.br. Para deficientes visuais: www.cittamobiacessibilidade.com.br.

“Mensalmente, o aplicativo CittaMobi recebe mais de 600 mil acessos”, informou o diretor de transporte José Mauro de Araújo.

Lançado há dois meses, o aplicativo Moovit planeja e indica as melhores alternativas para a viagem.

Além disso, também fornece o horário previsto para a chegada do próximo ônibus. O aplicativo pode ser baixado ao acessar o site www.moovitapp.com. Desde então, mais de 8 mil downloads já foram feitos.

Matéria disponível em: Jornal A Cidade

Passagem de ônibus sobe para R$ 3,00 em Ribeirão Preto

RIBEIRÃO PRETO ONLINE

   Após assinatura de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com o Ministério Público foi definida a nova tarifa de R$ 3, para o transporte coletivo urbano de Ribeirão Preto, a partir deste sábado (11), mesma data que entra em vigor a eliminação do pagamento da tarifa em dinheiro a bordo dos ônibus urbanos.

   O TAC foi assinado pela prefeita Dárcy Vera (PSD), pelo diretor superintendente da Transerp, William Latuf; pelo representante do Consórcio PróUrbano, Roque Felício; e pelo promotor Carlos César Barbosa.

   Pelo TAC, a Prefeitura terá que adequar à legislação municipal que regulamenta a definição sobre gratuidade para pessoas com deficiência física à legislação federal. Segundo o promotor há um número muito grande de gratuidade que deve ser revisto.

   Outro ponto do TAC é a integração tarifária do sistema alimentador (Leva e Traz). Será estabelecida uma tarifa para o uso exclusivo do serviço alimentador no valor de R$ 1. A tarifa somente será cobrada pelo sistema quando o usuário não utilizar de outra linha de ônibus. O prazo de implantação será janeiro de 2015.

   Além disso, foi criada uma tarifa de R$ 5 a ser paga de forma extraordinária diretamente ao motorista de ônibus pelo usuário que não tiver cartão. O passageiro receberá um cartão. Caso o usuário não tenha interesse em utilizar o cartão outras vezes, poderá devolvê-lo ao Consórcio PróUrbano que ressarcirá o valor de R$ 2.

   Matéria completa disponível em Ribeirão Preto Online

Prefeitura divulga locais de prova do concurso público em Ribeirão Preto

RIBEIRÃO PRETO ONLINE

   A Prefeitura de Ribeirão Preto divulgou nesta terça-feira (2), os locais das provas do concurso público para os cargos de motorista, agente administrativo e educador social, a serem realizadas no próximo dia 14 de setembro. As informações estão disponíveis no Diário Oficial do Município, no portal oficial da Prefeitura –www.ribeiraopreto.sp.gov.br.

   Concluíram o processo de inscrição para o concurso mais de 16 mil pessoas. Para a função de motorista, que tem salário de R$ 1.346,80 e 11 vagas, foram 1.652 inscritos; para o cargo de agente administrativo, com salário de R$ 1.728,27 e 13 vagas, foram 12.490 inscritos. Já para a prova de educador social, que tem salário de R$ 1.590,41 e 5 vagas, 2.056 pessoas farão a prova.

Matéria disponível em Ribeirão Preto Online

Concurso Prefeitura de Ribeirão Preto – SP

CONCURSOS NO BRASIL

   A Prefeitura de Ribeirão Preto, no estado de São Paulo, por meio da Fundação VUNESP, publicou edital de concurso público n° 001/2014, com o objetivo de preencher 29 vagas para as funções de motorista, agente de administração e educador social (níveis médio e superior) por salários de até R$ 1.728,27 em carga horária de 40 horas semanais.

    As inscrições deverão ser realizadas somente pela internet, pelo site http://www.vunesp.com.br, no período das 10h de 23 de junho até às 16h de 25 de julho de 2014.

As taxas variam de R$ 35,00 para o cargo de Motorista e R$ 45,00  para os cargos de Agente de Administração e Educador Social.

As provas serão aplicadas na data provável de 14 de setembro de 2014. A confirmação da data e as informações sobre o local, horário e sala para a realização da prova deverão ser acompanhadas pelo candidato por meio de Edital de Convocação a ser publicado no Diário Oficial do Munícipio de Ribeirão Preto.

O prazo de validade do concurso público é de dois anos, a contar da data da publicação da homologação, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período, a critério da Prefeitura.

Matéria disponível em Concursos no Brasil

Sob escolta, ônibus voltam a circular em Ribeirão Preto após ataques

G1

   Os ônibus do transporte coletivo de Ribeirão Preto (SP), que estavam paralisados desde a noite de sábado (31) por medidas de segurança, voltaram a circular na manhã deste domingo (1º). Segundo a Transerp, empresa que gerencia o trânsito e o transporte na cidade, pelo menos oito linhas funcionam sob escolta da Polícia Militar (PM), depois que dois ônibus, dois caminhões e um veículo de uma emissora de televisão foram incendiados no Jardim Branca Salles, na Zona Oeste de Ribeirão. O ato de violência dos moradores ocorreu após a morte de um suspeito de roubo no bairro, durante a tarde.

A Prefeitura de Ribeirão Preto solicitou à Polícia Militar acompanhamento dos ônibus que passam pela região depois que os motoristas decidiram não trabalhar, com medo de novos ataques. Os veículos escoltados são acompanhados por policiais em viaturas ou em motocicletas da PM. Entre as linhas escoltadas, estão a do Jardim Progresso e do Parque Ribeirão, que passam pelo Jardim Branca Salles.

Matéria completa disponível em G1

Greve na saúde termina em Ribeirão Preto

G1

   O Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto (SP) anunciou na tarde desta sexta-feira (14) o fim da greve dos funcionários da Saúde no município. A paralisação, que chegou ao 12º dia nesta sexta, foi suspensa após a categoria aceitar a proposta da Prefeitura de implantação da jornada de 30 horas semanais a partir do dia 1º de julho. O prazo, de acordo com a administração municipal, é necessário para que a Prefeitura saia do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e possa fazer as contratações necessárias para a adoção da jornada.

   A redução da jornada de trabalho dos servidores de 36 para 30 horas já era prevista em lei municipal e deveria ter entrado em vigor no dia 1º de fevereiro. Diante do descumprimento da medida pela Prefeitura, os profissionais da Saúde cruzaram os braços em 3 de fevereiro.

   De acordo com o presidente do sindicato, Wagner Rodrigues, a aplicação das 30 horas -mesmo que não imediata- é uma vitória para os servidores. “A unidade nesta greve mostrou que o servidor conseguiu o seu objetivo. Até então, a Prefeitura estava relutante e dizia que não podia implantar a jornada. Conseguimos provar que isso é possível, e agora vamos aguardar a contratação dos novos servidores nos próximos meses”, afirma.

   A partir deste sábado (15), agentes de enfermagem, técnicos em enfermagem, auxiliares farmacêuticos, agentes odontológicos e técnicos de higiene dental retomam suas atividades normalmente no município. Os servidores continuarão cumprindo a atual jornada de 36 horas semanais até a implantação da nova carga horária.

Prefeitura
Em nota, a Coordenadoria de Comunicação Social (CCS) informou que a proposta do Governo Municipal estabelece o prazo de 1º de julho para que a Prefeitura consiga sair do limite prudencial da LRF e para que as contratações necessárias diante da redução da jornada possam ser feitas sem maiores complicações.

Matéria extraída em G1

Ribeirão Preto: servidores da saúde em greve

G1

Parte dos servidores municipais da área de saúde entraram em greve nesta segunda-feira (3) em Ribeirão Preto (SP). A paralisação deve-se ao impasse entre a categoria e a Prefeitura, diante da redução da jornada de trabalho de 36 horas para 30 horas semanais. A medida – que entraria em vigor a partir do dia 1º de fevereiro – está prevista em lei municipal aprovada em junho de 2012 e vale para agentes de enfermagem, técnicos em enfermagem, auxiliares de farmacêutico, agentes odontológicos e técnicos de higiene dental.

Matéria completa disponível em: G1

Faculdade abre 1,5 mil vagas para 19 cursos gratuitos em Ribeirão Preto

G1

   A Faculdade Anhanguera de Ribeirão Preto (SP) está com 1.520 vagas abertas em 19 cursos gratuitos de verão. Os interessados devem enviar e-mail para: erica.silva@anhanguera.com, informando nome completo, identidade, email e telefone. As inscrições vão até segunda-feira (20). As aulas serão lecionadas nos períodos diurno e noturno, entre os dias 21 e 24 de janeiro, e os inscritos receberão certificado de conclusão.

   Confira a data e os dias dos cursos disponibilizados:

21 e 22/01: Conhecendo as aplicações do tesouro direto
23 e 24/01: Finanças Pessoais
21 e 22/01: Estatística Fácil
23 e 24/01: Matemática Básica
21 e 22/01: Imagem Profissional
23 e 24/01: Engenharia de Qualidade
21 e 22/01: Técnicas de Liderança
23 e 24/01: Engenharia na Prática
21 e 22/01: Alfabetização e Letramento
21 e 22/01: Noções de informática para entrevistas de emprego
23 e 24/01: Noções de computação gráfica
21 e 22/01: Excel Básico
23 e 24/01: Fundamentos de Power Point
21 e 22/01: Trabalhando para Idiotas: Lições de John Hoover para evitar conflitos e se dar bem no trabalho
23 e 24/01: O Mundo Encantado da Disney: Oferecendo sonhos e excelência em gestão
21 e 22/01: Dicas de como se comportar em uma entrevista de emprego
23 e 24/01: Como encantar seu cliente x atendimento
21 e 22/01: Workshop: O alumínio e sua integração ao meio ambiente
23 e 24/01: Aulas teóricas e práticas em laboratório: teoria da lei de Holk

   A Faculdade Anhanguera está localizada na Avenida Eduardo Andréa Matarazzo (Via Norte), n.º 891, no bairro Ipiranga. Mais informações sobre os cursos de verão podem ser obtidas através do telefone (16) 3512-4705.

   Matéria disponível em G1